Energia continua alta em maio!

Neste mês de maio a conta de luz permanece mais alta. É que a bandeira tarifária continua vermelha, como no mês de abril, o que quer dizer que você paga mais R$ 3,00 a cada 100 kWh de energia que gasta, tanto na sua empresa, como na sua residência. A cor das bandeiras – que pode ser verde, amarela ou vermelha – indica a condição da geração de energia no Brasil e, consequentemente, o quanto pagamos por ela.

É que a produção de energia no país desde o mês passado está mais cara. Tudo em função da pouca chuva e de reservatórios secos, o que diminui a capacidade de geração de energia das hidrelétricas e leva à utilização das termoelétricas cujo custo é mais alto porque usam combustível para produzir eletricidade. O Brasil tem um grande potencial hídrico e a energia das hidrelétricas é a principal fonte no país, responsável por 90% da geração. Bem, seja por qual motivo for, o certo é que estamos pagando mais pela energia consumida e a conta de luz assusta cada dia que chega.

Usar a energia solar é a solução

Você pode fugir do aumento da conta de luz e melhor: sem precisar economizar energia, nem em casa, nem na empresa. Imagina poder ligar o ar condicionado quanto tempo quiser ou tomar aquele banho quente sem se preocupar com a conta! É que a energia do sol é de graça! Além disso, ajuda o meio ambiente, já que é limpa, ou seja, não polui e renovável. Afinal, o sol nasce todo dia! Utilizando a radiação solar você produz sua própria energia elétrica, independente da concessionária.

Não é atoa que a utilização da energia solar tem crescido tanto! Nos últimos dois anos, a capacidade de geração de energia solar no Brasil cresceu 1380%. E pra quem não sabe, o estado de Minas Gerais é o campeão de energia solar fotovoltaica no país; o estado de São Paulo é o segundo colocado. E mais! Em Valadares, o crescimento do uso da energia solar nos últimos dois anos foi de mais de 1000%!

Não é a toa que os bancos estão a cada dia criando mais e mais tipos de financiamentos para este setor. O banco do Brasil, por exemplo, recentemente lançou o programa Agro Energia, para o qual, só neste ano, estarão liberados R$ 2,5 bilhões.

Como funciona a energia solar fotovoltaica:

É a transformação da radiação do sol em energia elétrica. Os raios são captados pelas placas fotovoltaicas, conhecidas como painéis solares, e a radiação é transformada em energia elétrica, por meio das células fotovoltaicas; ou seja, você produz sua própria energia que substitui ou complementa a energia elétrica disponível na rede elétrica convencional das concessionárias.

Assim, toda a energia elétrica que você produz é injetada na rede da concessionária e, o que você não gasta, vira crédito para você, pelo Sistema de Compensação. Por isso, sua economia pode chegar a 98% na conta de luz. A tecnologia funciona também em dias nublados e também pode ser utilizada em condomínios.

Nós estamos sempre ligados nas novas tecnologias que geram mais benefícios para os nossos clientes. A energia solar fotovoltaica é uma delas. O projeto é feito de acordo com sua necessidade para casa, comércio, indústria, propriedade rural e até para empreendimentos de saúde, como hospitais e clínicas.

Deixe uma resposta